Genshin Impact Wiki
Advertisement
Genshin Impact Wiki

Orobashi no Mikoto (japonês: オロバシノミコト; chinês: 远吕羽氏尊)[2] ou Orobaxi (chinês: 奥罗巴斯)[Note 1] também conhecido como Watatsumi Omikami (japonês: 海祇大御神 "O Grande Deus dos Oceanos")[3], era um antigo deus serpente que foi derrotada por Beelzebul na Ilha Yashiori. A Garganta Musoujin é a cicatriz deixada pela por Beelzebul quando ela desferiu um golpe de seu Musou no Hitotachi, matando a serpente.

Os restos de Orobashi podem ser vistos por toda a ilha, com seu crânio localizado na Cabeça da Serpente. Seu poder persistente resultou no Tatarigami, um fenômeno na ilha que causa desastres naturais e pode levar as pessoas à loucura.

Os residentes da Ilha Watatsumi e seus líderes, o Clã Sangonomiya, adoram Orobashi, pois ele os ensinou a cultivar e fundir após descobri-los nas profundezas do oceano no Mar Sombrio.[2] Portanto, o povo da Ilha Watatsumi é muito grato a Orobashi e o adora como sua divindade guardiã mesmo depois de sua morte.[4]

História

Em algum ponto no tempo, Orobashi fugiu de uma região desconhecida [Note 2] para Enkanomiya (anteriormente conhecido como Byakuya no Kuni) — a nação abissal de todas as noites [Note 3] — no Mar Sombrio.[3][2] [5] Lá, ele encontrou um grupo de "pessoas abandonadas" vivendo no fundo do oceano, [Note 4] à mercê do Dragão Herdeiro das Profundezas. Com pena deles, o deus os acolheu como seus próprios[2] e derrotou o Dragão Herdeiro das Profundezas.[5] quebrou o coral que cresceu de seu corpo — uma manifestação de seu poder — para criar a Ilha Watatsumi e seu povo pudesse viver acima da superfície novamente.[6] Orobashi guiou os residentes da Ilha Watatsumi e os ensinou a cultivar e fundir, pelo que eles eram profundamente gratos e o adoravam.[7]

Durante a Guerra dos Arcontes, os arquipélagos de Inazuma foram unidos sob o governo de Baal, com sua irmã gêmea Beelzebul atuando como seu kagemusha (dublê de corpo). Todos aqueles que moravam em Inazuma estavam contentes com sua sorte e não procuraram levar o que não era deles, para não serem erradicados pela Shogun Raiden.[6]

Quando o Ritual de Purificação da Sakura Sagrada foi desenvolvido, aqueles que realizavam o ritual deveriam implorar perdão aos santuários Narukami e Watatsumi antes de iniciar o ritual, [8] sugerindo que Orobashi pode ter tem sido adorado por pessoas de outras ilhas por um tempo.

Ataque na Ilha Yashiori

Por muitos anos, Orobashi respeitou a fronteira entre a Ilha Watatsumi e Narukami e ambos viveram em paz.[6] A paz foi quebrada em algum ponto durante a guerra do arconte, milhares de anos atrás, [9] quando Orobashi invadiu a Ilha Yashiori sem aviso e desencadeou um ataque violento guerra entre seu próprio povo e o do Shogun. A guerra causou grande sofrimento e muitas baixas em ambos os lados, entre elas o general tengu de Beelzebul, Sasayuri.[6]

No final da guerra, Orobashi foi morto pela Shogun Raiden na Ilha Yashiori, usando sua técnica de esgrima Musou no Hitotachi. O golpe mortal criou uma grande fenda, dividindo a ilha em duas, e os restos mortais de Orobashi ainda repousam por toda a ilha.[10] Touzannou, general de Orobashi (mais tarde conhecido como Akuou) também foi morto por este golpe mortal.[11] A sacerdotisa Mouun do Clã Yuna foi morto pelos subordinados de Sasayuri enquanto estava em retirada, enquanto sua irmã gêmea Ayame desapareceu em combate.[12]

Seu ódio persistente se tornou o Tatarigami, que o Shogunato posteriormente utilizou para criar a Fornalha Mikage.[13] Após a morte de Orobashi, o santuário principal na Ilha Watatsumi foi posteriormente abandonado, com um novo santuário sendo construído em outro lugar.

O verdadeiro motivo por trás desse ataque permanece misterioso, já que Sangonomiya tem uma extrema falta de material histórico escrito. Mas dizem que o povo da Ilha Watatsumi passou por um longo período de fome e eles conseguiram persuadir Orobashi a invadir a Ilha Yashiori e reivindicá-la para si.[14]

Curiosidades

Etimologia

  • Seguindo o tema dos deuses de Genshin Impact sendo nomeados em homenagem a demônios do Ars Goetia, Orobashi poderia ser uma adaptação do nome do 55º demônio Orobas, um dos Grandes Príncipes do Inferno.
    • A versão chinesa de Orobashi, 奥罗巴斯 Àoluóbāsī, pode ser lida como Orobas, embora a maioria das traduções chinesas do nome de demônio use 歐若博司 Ōuruòbósī.
    • Orobashi (japonês: オロバシ), é ligeiramente diferente do nome japonês de Orobas, オロバス Orobasu.
  • Orobashi também ser referenciado em Orochi, um lendário dragão/serpente na mitologia japonesa que foi morto pelo deus da tempestade Susanoo.
  • Na localização japonesa, o nome "Orobashi no Mikoto" é escrito em katakana (foneticamente) ao invés de kanji, uma convenção que é tipicamente usada para deuses ou nomes estrangeiros.
    • É provável que "no Mikoto" (japonês: ノミコト) seria , um título a seguir um substantivo que é usado para deuses, imperadores e outras pessoas de alto escalão. É traduzido para o inglês como "o honrado" ou "o exaltado".

Histórico de Mudanças

Lançado na Versão 2.0

Notas

  1. O termo traduzido para o inglês e português como "Orobashi", 远 吕羽氏 (Chinês tradicional:遠呂羽氏), tem o mesmo significado em chinês e japonês, mas é lido como Yuǎnlǚyǔshì em chinês e Orobashi em japonês. Como resultado, a maioria dos NPCs usa "Orobaxi" (chinês: 奥罗巴 zh_rm = Àoluóbāsī), que é uma grafia fonética chinesa para a leitura japonesa de Orobashi. Como a maioria das outras localizações traduzem 远吕羽氏 como Orobashi, a razão para uma grafia fonética foi perdida; a localização japonesa nem mesmo se preocupa em distinguir os dois nomes e traduz ambos como オ ロバシ.
  2. Na descrição de Orobashi em Ramo de Jade de um Mar Distante corresponde à descrição de Fragmento de Aerosiderite que deuses antigos foram derrotados na Guerra dos Arcontes e fugiram para o Mar Sombrio. Combinado com o fato de que a Ilha Watatsumi é atualmente a ilha mais próxima do continente Teyvat, isso pode indicar que Orobashi veio de uma área mais próxima do continente.
  3. A "nação abissal da noite eterna" mencionada em Ramo de Coral de um Mar Distante provavelmente se refere a Byakuya no Kuni (japonês: 白夜国 "Terra do Sol da Meia-Noite") e não a terra original de Orobashi.
  4. Não está claro o que aconteceu com o Oohirume no Omikoshi, em quem os ancestrais de Sangonomiya dependiam para sobreviver aos ataques do Dragão Herdeiro das Profundezas antes da chegada de Orobashi. Pode-se presumir que eles deixaram seu povo para sobreviver por conta própria ou morreram em algum ponto antes do aparecimento de Orobashi.

Referências

  1. Livro: O Dragão Serpente de Tokoyo no Kuni
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 Material de Ascensão de Arma: Ramo de Jade de um Mar Distante
  3. 3,0 3,1 Material de Ascensão de Arma: Ramo de Coral de um Mar Distante
  4. Diálogo de Miyazaki Saburou
  5. 5,0 5,1 Missão de Mundo: Profundezas Banhadas pela Lua
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 Notas de Sangonomiya
  7. Diálogo de Miyazaki Saburou
  8. Ritual Sagrado de Purificação Sakura
  9. Rift Valley, Ilha Yashiori: Garganta Musoujin Viewpoint
  10. Destaques da Viagem de Inazuma: Garganta Musoujin, Ilha Yashiori
  11. Debates Sobre "O Rei do Leste"
  12. A Vida da Sacerdotisa Mouun
  13. Missão de Mundo: Contos de Tatara
  14. Um Estudo Preliminar Sobre as Crenças do Povo de Sangonomiya

Navegação

Advertisement