Genshin Impact Wiki
Advertisement
Genshin Impact Wiki

A Academia de Sumeru é o instituto líder de Sumeru em artes arcanas e registros históricos, bem como o instituto mais prestigioso de Teyvat.

Visão Geral

A Academia aceita alunos de toda a Teyvat e frequentemente envia alunos conhecidos como Driyosh para outras nações para conduzir pesquisas. Não se sabe há quanto tempo a Academia existe, mas já era um instituto de prestígio na época do cataclismo há 500 anos,[1] tornando-o anterior ao Arconte atual de Sumeru.

Acadêmicos

A obtenção de um diploma da Academia é um processo notoriamente longo e estressante; um candidato não identificado que foi admitido afirma que estará velho quando se formar e voltar a ver os pais.[2] As defesas da tese são de longe a parte mais difícil da graduação; Alrani e Hosseini enfatizam os temas de suas teses e foram a Liyue para encontrar material sobre o qual escrever. Alrani teme abertamente a Academia e menciona que Soraya; que aparentemente está entre os primeiros de sua classe; tem "pilhas de manuscritos rejeitados".[3] Hosseini afirma que não é incomum que as pessoas se formem depois dos 30 anos e que ele mesmo, por ter menos que essa idade, tem o cabelo quase grisalho devido à pesquisa.[4] Fica implícito que há um limite de quanto tempo um aluno pode permanecer na Academia sem poder se formar.[5]

Driyosh são alunos que estão autorizados a deixar a Academia para suas pesquisas.

Lisa, que cursou a academia na juventude, conseguiu se formar em dois anos na categoria "estudos avançados", e é considerada a melhor aluna dos últimos 200 anos. No entanto, ela não gosta de sua alma mater, sendo uma das poucas a perceber o custo da "erudição desinibida" depois de ver pessoalmente estudiosos delirantes nas florestas de Sumeru e sábios em conselhos subutilizados, tornando-se relativamente preguiçosa ao retornar a Mondstadt.[6]

Pesquisas

Além dos acadêmicos, a Academia realiza pesquisas em diversos assuntos, entre eles um censo de portadores de Visão. Foi por meio de tal censo que eles determinaram que nenhuma Visão Electro foi obtida no ano passado, algo que eles teorizam estar relacionado ao Decreto Sakoku e ao Decreto de Caça à Visão da Shogun Raiden de Inazuma.[3]

Alunos e Ex-alunos

Curiosidades

  • Eles não permitem o uso de planadores nas instalações.[10]

Etimologia

  • O nome chinês usa um termo que significa literalmente um "instituto de decreto religioso" (chinês: 教令院), onde "decreto religioso" (chinês: 教令) também é usado para se referir ao decreto na lei canônica católica ou o fatwa na lei islâmica. Isso enfatiza a natureza teológica e jurídica da Academia.
    • O nome japonês segue a interpretação chinesa, enquanto o nome coreano segue a interpretação portuguesa e inglesa.

Histórico de Mudanças

Lançado na Versão 1.0

Referências

  1. Conjunto de Artefatos: A Bruxa das Chamas Carmesim
  2. Quadro de Avisos da Cauda do Gato
  3. 3,0 3,1 Missão de Mundo: Pesquisa Sem Fim
  4. Diálogo de Hosseini
  5. Missão de Mundo: Vendedor de Fertilizantes...?
  6. Lisa, "História"
  7. Conjunto de Artefatos: Chama Pálida, descrito como um Jovem Doutor.
  8. Lisa, "História 2"
  9. Missão de Mundo: Profundezas Banhadas pela Lua
  10. Diálogo de Henry Morton após completar a Missão de Mundo: "O Tempo e o Vento"

Navegação

Advertisement